26 de mai de 2010

Preso depois de assaltar a mesma residência 3 vezes seguidas

Era manhã de um domingo de sol na Vila Normandia em Lorena, quando por volta das 8h30 populares perseguiam armados com pedaços de madeira,pedras e até um facão, um rapaz que estaria tentando adentrar a mesma residência pela terceira vez seguida.


Após momentos de tensão por telhados e quintais, o bandido Aldo - como é conhecido- foi pego pela Polícia Militar na rua Padre Hugo Grecco- deitado e acuado embaixo de um veículo estacionado. Algemado entrou confiante no “chiqueirinho”, certo de que estaria protegido pelos agentes do Estado.

O proprietário da casa e vítima conhecido como Seu Noel, passara alguns dias por Minas Gerais visitando familiares, enquanto sua casa fora furtada 2 vezes em dois dias seguidos.

Pelo plantão policial do 2º DP- Vila Geny- o suspeito aparentando estar drogado, confessou com detalhes o seu “modus operandi” ao assaltar diversas residências pela Nova Lorena.

De início, queria esconder o rosto, mas com um bate papo foi revelando até ter um pouco de senso de humor, mesmo algemado, ferido com um arranhão no braço provocado por arame farpado. Conseguiu ainda rir da situação finalizando que quem entregou seu esconderijo fora um cachorro poodle que latia sem parar.

Vestido somente com uma bermuda e bota PVC de cano alto, chegou a dormir enquanto a escrivã lavrava o boletim de ocorrência. Pela listagem, botijão de gás, televisão, videocassete, ferramentas de arrombamento, em cima de um banco de madeira.

Aldo, afirma que age juntamente com um outro comparsa, vai “ganhando” a casa. Primeiramente aperta campainha, observa muros, cachorros, cerca elétrica, para depois agir.

Costuma furtar o que estiver mais fácil. Chegando até a roubar dois botijões de gás de Seu Noel, onde conseguiu jogar um de cima do telhado para a rua, em plena tarde, segundo informações de testemunhas que não quiseram de identificar.

O suspeito, pelo que consta não oficialmente, é filho de um policial e já teve 3 passagens pelo mesma prática . Afirma que é mais fácil roubar para manter três filhos, do que arrumar um trabalho digno. ” Quando peço algo ninguém dá, então roubo mesmo”, desabafa. Afirma ainda, que já chegou a matar dois cachorros enforcando-os com os próprios braços.

Aldo, segundo o boletim de ocorrência é morador da Vila Hepacaré. Com diversas tatuagens, ainda pelo final da tarde na carceragem, tentou fuga, conseguindo entortar a algema que o prendia, causando mais confusão e danos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.