7 de mar de 2012

Bicicleta é objeto desprezado pela Cidade das Bicicletas

Conhecida como Cidade das Bicicletas com um número desse tipo de transporte acima da população,  em alguns lugares elas são desprezadas e colocadas em baixa em Lorena-SP.
Algumas repartições públicas; instituições particulares simplesmente tentam proibir o cidadão de adentrar o local com a sua "magrela", instalam bem na cara dura placa de "proibido bicicleta", "proibido adentrar bicicletas".
Ou seja, ele sai de sua residência pedalando, ajuda o meio ambiente pois não polui como se estivesse utilizando carro ou moto; desafoga sistema viário que encontra-se péssimo, enfim uma grande ação positiva, porém quando chega ao seu destino, acaba esbarrando nesse entrave, tendo que deixa-la na rua, amontoada em cima de calçadas, estacionada ao meio fio onde o guidom fica posicionado para área de passeio, atrapalhando a movimentação de pedestres e até de pessoas com deficiência visual, como vimos certa vez.
Vamos citar alguns locais- o primeiro e mais antigo é o CEO- Centro de Especialidades Odontológicas- conhecido popularmente como "posto dos dentistas", localizado pela rua Margaria Ferreira Leite, próximo ao Centro.
Há dois locais amplos do tipo jardim/ estacionamento, na qual as "bikes" poderiam ficar devidamente estacionadas, utilizando o tradicional suporte de ferro vergalhão, enquanto seu proprietário está sendo tratado odontologicamente.
Outro local público é o PAT- Posto de Atendimento ao Trabalhador- onde pela parte da manhã e algumas horas da tarde, os principais períodos, a "zona" fica formada, também havendo um pequeno estacionamento, menor em relação ao primeiro citado, mas que também poderia ser aproveitado.
Já em local de origem privada mas com grande fluxo é o Sincomércio, pela rua Azevedo de Castro, n° 254 com grande varanda aberta e bicicleta também é um crime, uma espécie de ato ilegal.
O tal bicicletário acreditamos não sair do papel antes de 2012. Vai ser necessário um novo prefeito de pulso para ter essa visão. A cobertura da antiga estação ferroviária pela beira da MRS Logística poderia ser utilizada, já proposta por um morador há muito tempo, porém sem a devida atenção.
Imagine você ver um bicicletário municipal gratuito, coberto, bem no centro da cidade, que revolução seria na cebeça do lorenense.
Não vamos nem citar, indo a fundo suporte que poderia ser utilizado em ônibus que fazem linha municipal e intermunicipal, onde o cidadão colocaria em segurança sua bike, caso quisesse utilizar essa forma de transporte.
As condições da BR 459 sem acostamento e iluminação para período da noite; SP 62 antiga Rio São Paulo sentido Guarátinguetá-SP, ainda pior ainda sentido Canas, só quem pedala para estas cidades sabe o quanto estão precários esses acessos.
Pobre "bicicretas"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.