16 de set de 2011

Polícia divulga retratos falados da Gangue do Registro

A Polícia Civil de Lorena-SP está divulgando dois retratos falados de membros da Gangue do Registro, ou seja, a quadrilha de aproximadamente de três a quatro pessoas que estão praticando roubo pelas casas da cidade, vestidos com uniformes da SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).
De acordo com informações do delegado titular, Wilson Stevam de Moraes, pela última reunião do CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança Pública), geralmente de um a dois bandidos batem na casa relatando que vão fazer algum tipo de serviço no registro de água e quando conseguem acesso ao interior, rendem a vítima e procuram por jóias e dinheiro. A participação dos demais, ficando na área externa com rádio comunicadores na cobertura para o delito.
Outras informações você confere pela edição do jornal Guaypacaré, edição 1372, que está circulando até hoje sexta-feira,16/09, nas principais bancas.
Para receber o jornal no conforto de sua casa, todos os sábados,  você deve ligar para 3157-5528.

Divulgação- Polícia Civil e jornal Guaypacaré - Suspeito 1

Divulgação- Polícia Civil e jornal Guaypacaré - Suspeito 2

4 comentários:

  1. Não seria o caso da PM abordar qualquer pessoa em frente à uma casa, vestido com o uniforme da SABESP, até prenderem os meliantes?

    ResponderExcluir
  2. Geraldo Luiz Mota, obrigado pela sua audiência e pelo seu comentário.
    Sobre isso, acredito que seja plenamente válido, porém vamos ficar com mais dois problemas sobre um já existente:
    1- já imaginou o inferno que seria para os profissionais terceirizados da Sabesp, da Conta Azul, que fazem a leitura dos hidrômetros? e ainda, de outra terceirizada chamada Lilian Pedreira, que fazem a manutenção (ou destruição?!) da tubulação pela cidade?
    2- pelo código de processo penal, a abordagem da polícia militar deve ser fundamentada e com tais princípios e procedimentos, onde não havendo, o agente do Estado pode ser acusado de abuso de autoridade.

    ResponderExcluir
  3. Curioso que para parar moleque de bicicleta na praça, eles nao se fundamentam muito nesse artigo... rs
    Acho válido o comentário do Geraldo Luiz Mota.
    Aproveito para deixar meus parabéns pelo site! Ótimo!

    ResponderExcluir
  4. Pedro Lemes, obrigado pela sua audiência e pelo comentário.
    Peço desculpas pelo atraso, devido a alguns conflitos de navegadores, já solucionado.
    Aproveito para questionar, se me permite: uma coisa é abordar funcionário devidamente identificado, com uniforme ( mesmo que possa ser algum bandido) em relação a meia dúzia de jovens suspeitos ou não em um local já conhecido como ponto de uso e tráfico de drogas ( Praça Arnolfo Azevedo).

    ResponderExcluir

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.