1 de jan de 2011

Jovens devem tomar vacina contra Hepatite B

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo  pretende imunizar cerca de 5,4 milhões de paulistas contra a hepatite B. A vacina, que estava disponível apenas para crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos de idade, agora também será oferecida gratuitamente às 3,5 milhões de pessoas que possuem entre 20 e 24 anos em todo o Estado.
Segundo informações do website da secretaria, o objetivo desta intensificação nos meses de janeiro e fevereiro é aproveitar o período de férias escolares para imunizar a população contra a doença. Para tomar a vacina, basta ir ao posto de saúde mais próximo munido da carteira de vacinação.
Para ficar completamente protegido contra a doença é preciso tomar três doses da vacina. A segunda dose acontece um mês depois da inicial. A terceira, após seis meses.
Para a OMS (Organização Mundial da Saúde) hepatite é o maior problema de saúde pública no planeta. A Hepatite se não tratada a tempo, pode causar consequências gravíssimas a vida do portador como uma cirrose ou até mesmo câncer do fígado podendo levar o paciente a morte, sendo hoje em dia, existindo tratamentos clínicos específicos para cada tipo de vírus, para isso o diagnóstico deve ser preciso e rápido,  Só no Brasil são mais 4,5 milhões de pessoas infectadas e desse número apenas 100 mil sabem que estão doentes.

Tipos de Hepatite

Existem várias causas de hepatite, sendo as mais conhecidas as causadas por vírus ( hepatite A, B, C, D, E, F, G, citomegalovírus, etc).
Outras causas: drogas (antiinflamatórios, anticonvulsivantes, sulfas, derivados imidazólicos, hormônios tireoidianos, anticoncepcionais, etc), distúrbios metabólicos (doença de Wilson, politransfundidos, hemossiderose, hemocromatose, etc), transinfecciosa, pós-choque.
 Em comum, todas as hepatites têm algum grau de destruição das células hepáticas.

Sintomas

A grande maioria das hepatites  apresentam como febre, mal estar, desânimo e dores musculares. Hepatites mais severas podem levar a sintomas mais específicos, sendo o sinal mais chamativo a icterícia, conhecida popularmente no Brasil por "trisa" ou "amarelão" e que caracteriza-se pela coloração amarelo-dourada da pele e conjuntivas.
Associado pode ocorrer urina cor de coca-cola (colúria) e fezes claras, tipo massa de vidraceiro (acolia fecal).


Fonte: Fundação Nacional de Saúde- Funasa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.