18 de fev de 2011

Motoristas e população devem ter cautela no final da Targino com a BR- 459

Com as chuvas de verão da semana, a população e principlamente os motoristas, sempre deve ficar sempre atenta, tomando um cuidado redobrado assim como também em refência a pontos de alagamentos, principalmente no parte baixa da Nova Lorena, e em outros locais de Lorena-SP.
Entretanto, no final da avenida Targino Vilela Nunes já na ponte sob o rio Mandi, no acesso à  rodovia  federal BR 459 que liga Lorena à Itajubá, um pedaço da cabeceira, ou seja, um pequeno muro de concreto para proteção, acabou cedendo onde pode vir a causar um acidente mais grave.
O desmoronamento ocorreu no sentido de quem vem de Piquete-SP para adentrar a avenida. O local tem um trânsito intenso em determinados horários, seja de carros, van, ônibus e também de bicicletas.
Outras opções a esta, são o trecho de entrada do bairro da Vila Brito, pela Avenida OScar Bittencourt, saindo pelo CSU (Centro Social Urbano); duas opções de saída da rodovia pelo bairro da Santa Edwirgens, entre elas pela Avenida Marechal Teixeira Lott, a última seguindo sentido BR 116- Rodovia Presidente Dutra.
Segundo informa a Assessoria da Prefeitura Municipal, a Defesa Civil e funcionários da prefeitura estiveram no local para avaliar o estrago, que foi causado devido ao lixo trazido pelas chuvas, o que interrompeu a passagem das águas. Segundo a Defesa Civil, até esta quinta-feira, 17/02, a ponte não precisou ser interditada para o tráfego de veículos.
O secretário de Governo, Célio Melilo, já entrou em contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por se tratar em um trecho de jurisdição federal.

Está ai o aviso, muita cautela no trecho, o rio Mandi ganhou uma maior vazão recentemente, portanto as chances de algo ou alguém cair e poder ser arrastado pela correnteza, por exemplo, são grandes.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.