22 de ago de 2011

12º dia de greve é marcado por passeata de funcionários, professores e alunos da EEL-USP

Pelo décimo segundo dia em estado de greve, devido ao impasse que se arrasta há mais de cinco anos entre a extinta FAENQUIL (Faculdade de Engenharia Química de Lorena) após a transformação para a atual EEL-USP ( Escola de Engenharia de Lorena da Universidade de São Paulo, pela manhã fria e nublada desta segunda-feira, 22/08, funcionários, professores e alunos fizeram uma passeata percorrendo a rua Arnolfo de Azevedo, a principal da cidade, como protesto.
Com faixas, cartazes, faixas, apitos e camisetas, os cerca de quatrocentos manifestantes, começaram a se concentrar por volta das 9h no início da rua, próximo a um supermercado.
Às 10h07, promovendo um apitaço e com um carro de som cedido, ao microfone, líderes do movimento explicam para a população e para o comércio a situação que se encontram, sendo escoltados por agentes do Departamento de Trânsito e Transportes, os conhecidos “amarelinhos”.
Não houve grandes congestionamentos registrados, apenas um fluxo interrompido por alguns minutos, em três cruzamentos que cortam a via.
Aproximadamente vinte minutos depois, a passeata chegando a seu destino, fez o contorno ao arredor da Praça Arnolfo Azevedo, ocupando o seu ponto central, permanecendo por lá até às 12h.
Entre os presentes, o diretor do SINTUSP (Sindicato dos Trabalhadores da USP), Vítor José do Amaral Alves, um dos que fizeram uso da palavra, explicando a situação da greve: “Queremos alteração do segundo artigo da lei 11.814/de 2004, para que nós funcionários tenhamos nossos direitos, queremos a manutenção do nosso quadro em extinção”.
Estudantes recolhiam assinaturas de populares para a mudança na legislação.
Sem um acordo com o governo, atualmente estão vinculados à administração direta, onde ensejam pela manutenção do quadro especial em extinção com regras claras, com direitos e garantias, já que são servidores públicos. Além do tratamento diferenciado que recebem frente aos servidores da USP paulistana por parte do governo, alegam defasagem do quadro de pessoal e também salarial, tempo de licença maternidade, qüinqüênios, sexta-parte, entre outros. Ainda, queda da qualidade de ensino devido a estes fatos.
Para o diretor do DCE (Diretório Central dos Estudantes) Daniel Guimarães, a passeata foi um ato de cidadania, e refletiu sobre o assunto.” De fato, isso é cidadania [passeata], exercer o direito de cidadão, manifestar, reivindicar os seus direitos, e (sic) o papel dos estudantes é fundamental, (sic) se aulas estão paradas hoje a culpa não é de quem está nesta praça, a culpa é de quem está em seu gabinete, atrás de uma mesa, assinando um papel e não está disposto nem um pouco a ouvir a população, (sic) se tivesse parado e ouvido o que se passa em Lorena, talvez isso já tivesse sido resolvido e hoje a EEL seria um pólo de engenharia pelo Vale do Paraíba.” declarou utilizando o carro de som.
Pelo período da tarde, às 15h30, pelo campus I, localizado pelo bairro do Campinho, houve uma nova assembleia, sendo repassado o resultado do movimento, considerado como positivo e com o recolhimento de oitocentas assinaturas, assim como a possível criação de outros novos atos do tipo.
Nenhum posicionamento foi tomado pelo governador Geraldo Alckimin (PSDB), assim como da reitoria paulistana, através de João Grandino Rodas.
A greve afeta duzentos e vinte e seis alunos do COTEL (Curso Técnico de Química) e outros mil e seiscentos, de cinco cursos superiores. 

Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- concentração
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- passagem da linha férrea sob a rua Arnolfo Azevedo.
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08

Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- fim da rua chegada na praça
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- afiliada da TV Globo do Vale do Paraíba-SP
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- coleta de assinaturas
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- sala de aula vazia
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- assembleia no campus I
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- pintura com logo de FAENQUIL ainda é visto
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- antigo logo FAENQUIL
Passeata com funcionários, professores e alunos da EEL-USP na manhã  de segunda-feira 22/08- salas de aulas vazias e fechadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.