21 de mai de 2011

Prefeito acusado de improbidade administrativa- envolvido em mais uma polêmica.

O chefe do poder Executivo de Lorena-SP, Paulo César Neme (PTB) está sendo acusado de improibidade administrativa, ou seja, quando um agente público pratica um ato ilegal.
Teve inicío, segundo informações relatadas a um Termo Circunstanciado, quando este entregou as chaves de um veículo oficial, um dos mais novos da frota municipal, o Palio de placas DKI-0074, a uma pessoa não habilitada e muito menos funcionário público para levar a empregada, Angela Maria dos Santos, 49 anos, vulgo Sherra, que trabalha  há mais de 35 anos em sua residência/gabinete/consultório, segundo pessoas ligadas, para a sua casa localizada pelo bairro do São Roque já no período da noite.
O flagrante da irregularidade foi possível graças a uma diligência que estava sendo realizada por dois policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) da vizinha Guaratinguetá em determinação a um pedido do DEINTER-1 - órgão máximo da corporação em todo o Vale do Paraíba.
De acordo com a polícia, um carro oficial saira do local, localizado na rua Frederico da Silva Ramos, região central da cidade com quatro ocupantes, entre eles um menor de idade, onde o motorista dirigia em alta velocidade e em zigue-zague, aparentando não ter domínio na direção, e os policiais seguindo acompanhando-o em uma viatura descaracterizada.
 Já pela rua São Vicente de Paulo, São Roque, ao desembarcarem os policiais fizeram a abordagem. Num primeiro momento foi pedido a habilitação do condutor onde logo confessou que não possuia. Pelo depoimento alega que chegou naquela casa e que o prefeito sem hesistar perguntou-o se sabia dirigir somente e entregou as chaves do carro oficial em seu poder.
A delegada seccional Sandra Vergal, afirma que foi lavrado um boletim em sua delegacia em nome do prefeito de Lorena, sendo um termo circunstanciado por infração ao código de trânsito. Paulo César Neme recebeu ainda uma multa por ter entregado o carro a uma pessoa sem habilitação, infração gravíssima tanto para quem entrega como quem dirige nessas condições segundo o Código de Trânsito Brasileiro, onde o veículo foi guinchado, apreendido.
Ainda segundo o CTB, pode perder a próría habilitação, segundo o artigo 164.
 Se condenado pelo Tribunal de Justiça,  pode ainda, perder o mandato.
Pela Câmara Municipal de Lorena, a última sessão foi quente e mais polêmica.
O primeiro a se manifestar sobre o assunto, por volta das 22h23 foi o vereador Dr Martinho (PSB) onde leu muitas partes, possuindo uma cópia do BO-TC, um documento público. A platéia, com mais pessoas do que o normal em outras sessões, não era respeitado o silêncio, onde este vereador, assim como os demais eram atacados verbalmente por populares. "Você sabe dirigir, pega a chave e leve-a embora" disse
O vereador Elcinho Vieira (PV) emendou em seguida - "89% da população acha péssima a administração Lorena pode aparecer no Fantástico(TV Globo), eu não queria isso pra Lorena nunca teve na cidade uma coisa assim antes, policia na porta da casa de prefeito fiscalizando, fazendo investigação".
O vereador Mafu (PV) indagou outro lado- como ocupante que era pai e filho respectivamente permitiu que filho dirigisse em ser habilitado e sabendo da situação.
Galão (PMDB), como vereador da "situação" saiu em defesa do chefe do executivo." Não temos conhecimento técnico, detalhista, aqui não tem delegado, policial civil para tomar uma decisão, pode ser uma armação, na vida do prefeito, eu sou a favor da verdade, do esclarecimento.Que possa unir-se num trabalho coeso, transparente, e eu tenho certeza, até que me prove o contrário, eu não assino nada, eu não voto contra nada", afirmou e após aplaudido por populares.
Logo em seguida, Elcinho novamente entrou em discussão " È uma investigação, é um processos antigo, desde 2007 que está sendo investigado e agora que esteve sendo feita essa campana antes de querer dizer que é casinha (sic) são depoimentos colhidos, a Câmara é para fiscalizar o Executivo (sic) ganhamos cinco mil reais por mês para que? (sic) O carro para ficar com outras pessoas, é normal? entao eu sou anormal".
Após esse momento, o bate-boca entre populares foi intenso, sendo a sessão interrompida por alguns momentos. A Pólícia Militar foi acionada.
O vereador Totô (PTB) disse "não adianta ficar se matando, fazer praça de guerra, devemos aprovar polo industrial para a cidade, não dá, vereador é cobrado, não foi votado projeto, da ordem do dia, como projeto de concurso publico".
Rogerinho 100% (PDT) sugeriu que toda a frota fosse identificada, ao contrário do que acontece hoje, somente as placas brancas como determina o CTB, veículos oficiais "a frota de qualquer prefeitura, ou instituição tem que ser adesivada, lugar de carro é na garagem, não tem ninguem pra estar dirigindo por ai, adesive todos os carros pra amanhã!"
O caso segue para investigação da CECRIMP (Câmara Especializada em Crimes Praticados por Prefeitos) ligada ao Ministério Público, além de poder ser aberta uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) pelos vereadores até com o mandato cassado.
O LORENA EM FOCO enviou um e-mail para as Secretarias de Comunicação Social, Governo, e para um secretário, na quarta-feira 18/05, para se manifestar a respeito do caso, mas até o momento desta postagem não recebera nenhuma resposta.
O lado cômico é de que no próprio domínio ou sitio da Prefeitura na internet, pelo espaço do Departamento de trânsito há uma cartilha resumida: #ficadica
Documentação
A Carteira de Identidade e a de Motorista devem estar sempre com você. Verifique se sua carteira de motorista não está vencida ou se o exame de vista está no prazo exigido. A licença do seu veículo deve estar quitada com o IPVA.
Obs.: Nunca deixe os originais e as cópias do documento dentro do carro.
http://www.lorena.sp.gov.br/transitoetransportes/cartilha.php

Reportagem da TV Vanguarda sobre o assunto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.