6 de out de 2011

Termoelétrica cada vez mais próxima de sair do papel

A instalação de uma termoelétrica movida a gás natural e vapor de água pela cidade de Canas-SP, vizinha de Lorena-SP, está cada vez mais próxima de sair do papel e iniciar a sua construção.
Faltando apenas o aval ambiental, com algumas retificações no EIA (Estudo de Impacto Ambiental) a serem realizadas, o IMCBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) órgão governamental, forneceu um primeiro parecer favorável ao empreendimento desde que seja feita algumas retificações.
Em ofício assinado pelo coordenador regional, Marcelo Braga Pessanha, descreve a situação positiva para a Termo São Paulo, da AES Tietê:
"Informamos que esta Coordenação Regional deverá se manifestar favoravelmente a realização do empreendimento, desde que todas as condicionantes referentes a ações e atividades previstas na autorização do ICMBio, sejam incluídas na licença prévia emitida pela CETESB.
A autorização para Licenciamento Ambiental, com as respectivas condicionantes que estão sendo revisadas e consolidadas, será encaminhada até o dia 06 de outubro do presente ano.
Ressaltamos que este documento é meramente informativo, sendo a Autorização para Licenciamento Ambiental, que ainda será emitida pela Coordenação Regional 8, o documento válido por este Instituto para que possa dar prosseguimento ao processo de licenciamento em questão" informa.
Para os ambientalistas da região foi um duro golpe, porém a luta ainda continua, se comunicando em uma rede social pela internet e por emails.
O projeto está rolando desde 2009, onde a AES Tietê, segunda maior empresa do ramo energético brasileiro, de acordo com o termo de privatização firmado com o governo, deve ajustar-se, elevando sua produção em 15% atuais, para tal, utilizando-se da termoelétrica, com produção de 500MW diariamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.