30 de jul de 2011

Polícia localiza carros furtados e prende um por receptação

A Polícia Militar prendeu um rapaz e localizou dois veículos produtos de furtos na noite deste sábado, 16/06 em Lorena-SP.
Por volta das 22h20h, o suspeito, Roney Aparecido Rosene, 35 anos, trafegava com um VW Gol pela avenida Tomaz Alves Figueiredo, quando foi abordado por Policiais Militares da Força Tática do 23º BPM-I, em uma operação de rotina.
Com a checagem dos dados, foi informado via COPOM (Centro de Operações da PM) que o carro fora furtado em uma cidade do estado do  Rio de Janeiro e com queixa registrada em Cruzeiro-SP.
Ainda, na tentativa de lubibriar, o suspeito  tentou fornecer  um endereço falso do lugar que reside, onde após localizarem o verdadeiro, pelo bairro da Vila Cida, foi encontrado um segundo VW Gol também furtado , de cor cinza, modelo Bola, de placas KTO- 7857, estacionado pela garagem e com algumas peças já retiradas.
Recebida voz de prisão em flagrante, o indivíduo foi conduzido ao plantão policial do 1º DP pela Vila Geny, onde o delegado plantonista autuou-o pelo crime de receptação, artigo 180 do Código Penal. Os veículos foram rebocados e encaminhados ao pátio.

Um dos VW Gol guinchados e carros da PM em frente ao 1º DP da Vila Geny

29 de jul de 2011

Polícia Civil fecha fábrica de adulteração de óleo lubrificante e prende dois

A Polícia Civil de Lorena, comandada pelos delegados, Ernani Braga, e pelo titular Wilson Stevam Moraes, na tarde desta quinta-feira, 28/07, fechou uma fábrica clandestina na qual seria feita a adulteração de óleo lubrificante de motores.
Por volta das 12h30, policiais civis , que durante quinze dias faziam investigação em um galpão pelo bairro da Santa Rita, margeando a BR 116 Presidente Dutra, após chegada de um caminhão, adentram o local e flagraram três pessoas, que sem esboçar algum tipo de reação, logo se entregaram.
No pátio externo, dois caminhões. O primeiro com cerca de cinco mil litros de óleo lubrificante, aparentemente, descarregando o produto em uma espécie de tanque de armazenamento, que posteriormente seria misturado com outros produtos químicos; e o segundo com embalagens plásticas que serviriam para o envase do produto batizado, ou seja, já falsificado. Havia também maquinário, caracterizando como uma fábrica clandestina.
De acordo com o delegado Moraes, ainda foram apreendidos dois revólveres calibre 38, além de toucas de lã modelo ninja, na qual as investigações vão prosseguir para se averiguar sobre transbordo de cargas furtadas e roubadas na região.
Dois homens foram presos, entre eles o dono do galpão, e um outro que faria o transporte para revenda, sendo autuados por adulteração. Quem vende óleo fora dos padrões está sujeito à autuação e multa de até R$ 5 milhões.
Postos de gasolina assim como lojas de São Paulo podem ser o destino do produto adulterado, de acordo com um deles.
De acordo com uma recente pesquisa divulgada pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) órgão regulador do governo federal, enquanto a média de adulteração de combustíveis está na média de 2% a 3% de todo o volume vendido, os óleos lubrificantes estão em 20%, ou seja, uma a cada cinco latas é falsificada.

Investigação da Polícia Civil que durou cerca de quinze dias resulta na prisão de duas pessoas a descoberta de galpão de adulteração de óleo lubrificante

Caminhão ao fundo com óleo lubrificante e tanque de estocagem.
Delegado titular de Lorena-SP, Wilson Stevam de Moraes, mostra uma das embalagens usadas para venda em lojas e postos

28 de jul de 2011

Lorena e o seu índice de homicídios

A cidade de Lorena-SP, segundo a SSP-SP (Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo) registrou no primeiro semestre, ou seja, na metade do ano de 2011, quinze homicídios dolosos, ou seja, aqueles que efetivamente tiveram a intenção de morte.
No quadro, constam ainda oito homicídios culposos, sem intenção, provocados por acidentes de trânsito, e outras duas não qualificas, como quedas e uma fatalidade em serviço, sendo o ponto chave da polêmica debatida durante a reunião mensal do CONSEG, (Conselho de Segurança Comunitária), que foi realizada na noite desta quinta-feira, 28/07.
Em reportagem divulgada por um jornal impresso local,  foi somado todos os quesitos, totalizando vinte e cinco.
O delegado de Polícia Civil, titular, Wilson Stevam de Moraes rebateu sobre o tema, onde não negou que houve um aumento do delito em relação ao ano passado, porém disse que todos os casos ocorridos estão em investigação e todos já elucidados, até recentemente, exemplificando, com a prisão de uma pessoa acusada de tentar matar um jovem pelo bairro da Vila Nunes na semana passada.
"Temos feito operações constantes para combater a criminalidade, principalmente nas questões de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, só nesta semana fizemos apreensão de quatro revólveres, um fuzil calibre 7.62 que poderia derrubar um helicóptero, e uma calibre 12; somar todos os dados de morte não está certo" disse.
Com a mudança de funções da Ciretran para o Detran (Departamento Estadual de Trãnsito) e com a chegada de um novo delegado, Moraes disse que passa a estar nas ruas pessoalmente investigando e combatendo o crime.
Um morador propôs uma moção de repúdio ao jornal, sendo acatado pela maioria.
"Isso acaba denegrindo imagem da própria cidade, prejudicando comércio e tudo mais".
Em todo o Vale do Paraíba, foram registrados noventa e um casos, sendo a região mais violenta em todo o Estado.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, o recomendável são 10 homicídios para um grupo de 100 mil habitantes por ano.
Polêmico ou não, a taxa por Lorena está em 15 para 83 mil, sendo a média estadual de 9,60/100 mil e à nacional, de 25/100 mil habitantes. Mas isso sem dizer nas outras quinze tentativas registradas.
Na década de 2000, 2001 foi o pico na cidade, seguindo a tendência na época em todo o estado, com trinta e sete mortes dolosas.

Reunião do CONSEG nesta quinta-feira

Acontece nesta quinta-feira, 28/07, mais uma reunião do CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança Pública Municipal) para o debate do assunto em Lorena-SP
Com a previsão de início às 19h, a população pode participar livremente aproveitando a oportunidade para conhecer e estar ciente dos trabalhos das autoridades policiais na cidade, além também de expor casos e cobrar melhorias.
Tendo à frente como presidente do Conselho e da Defesa Civil, Darci de Lima, é uma forma de ser um canal direito entre polícias Militar, Civil, Guarda Municipal Patrimonial, Secretaria de Trânsito  para com a sociedade de bem.
Alguns dos temas em pauta serão o aumento dos homicídios, casos de roubos e furtos pela Vila Celeste, balancetes de operações da Polícia Militar entre outros.
O LORENA EM FOCO está empenhado em uma grande ocorrência nesta tarde, onde já adianta que o delegado titular da Polícia Civil, Wilson Stevam de Moraes, poderá chegar mais tarde, devido ao desmembramento de um caso de adulteração de combustíveis na cidade
A reunião acontece pela sala superior da Casa da Cultura localizada pela rua Viscondessa de Castro Lima, nº 10, Centro.

Força Tática prende rapaz suspeito de tráfico na Vila Passos

Um rapaz de 21 anos foi preso na noite de sexta-feira, 15/07, por suspeita de tráfico de drogas pelo bairro da Vila Passos em Lorena-SP.
Por volta das 20h18, Policiais Militares da Força Tática do 23º BPM-I, faziam patrulhamento ostensivo pelo bairro, onde pelas ruas Lucinda Peres com a Alameda Geraldo Ferraz de Oliveira, margeando a rodovia BR 459, se depararam com o suspeito, Renam Souza Ledoíno, que ao avistar a PM tentou dispensar uma sacola plástica de cor branca.
Abordado e localizada a sacola, contendo cinqüenta e duas pedras de crack, outras vinte e seis de cocaína, além da quantia de R$500 reais em notas diversas.
Recebida voz de prisão em flagrante, o rapaz, sem antecedentes criminais, foi conduzido à delegacia de polícia onde foi ratificado o artigo 33, tráfico de entorpecentes, ficando detido pela cadeia pública aguardando julgamento.


Dinheiro e entorpecentes prontos para a venda

27 de jul de 2011

PM divulga resultado da ação ocorrida na cidade

O setor de Comunicação Social do 23º BPM-I sediado em Lorena-SP divulga o resultado da operação Ação Força Comunitária Contra o Crime, realizada durante a segunda-feira, 25/07.
De acordo com a nota oficial, a operação que contou com mais de setenta e sete policiais, em dezenove viaturas e vinte duas motocicletas da ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) e até com um helicóptero do Grupamento Águia, sobrevoando à noite, teve muitos números positivos.
Com duração de doze horas, iniciada às 15h,  foram realizados vinte e quatro pontos de bloqueios espalhados pela cidade; quatro estabelecimentos comerciais foram fiscalizados, quinhentas e cinco pessoas abordada; cento e cinquenta e quatro veículos e cento e quarenta e uma motos foram fiscalizadas, sendo que cinco condutores foram autuados, oito Autos de Infração de Trânsito Urbano foram confeccionados  por fim quatro documentos foram apreendidos.
Um rapaz foi preso por suspeita de tráfico de drogas, mais detalhes em nossa próxima publicação.

26 de jul de 2011

Ladrão preso pela Vila Peralta

Um homem foi preso acusado de furtar, ou seja, um roubo sem ameaça ou grande violência, em uma residência pela Vila Peralta, pertencente do bairro da Vila Celeste em Lorena-SP.
De acordo com informações, na noite de quinta-feira, 21/07, às 20h40 a Polícia Militar foi acionada pelo 190 do COPOM (Centro de Operações da PM), na qual um indivíduo estaria no quintal da residência praticando furto, onde o morador estava ausente no momento.
Com a rápida chegada e um cerco ao local realizado pelos policiais, o rapaz foi preso em flagrante portando um faqueiro completo, já pelo quintal.
Recebida voz de prisão em flagrante, foi conduzido ao plantão policial do 1º DP da Vila Geny, onde o delegado ratificou o furto, aplicando a nova lei 11.403, estipulando fiança de R$ 3 mil reais para sua soltura, ficando detido pela cadeia Pública.
Segundo relatos de populares que não quiseram se identificar, pela região, esse tipo de crime é constante.

22 de jul de 2011

Mulher é presa pelo Tático

Policiais Militares da Força Tática do 23º BPM-I de Lorena-SP prenderam uma mulher com grande quantidade de drogas e munições em uma casa pela Vila Hepacaré.
De acordo com informações, na manhã de quinta-feira, 21/07, por volta das 11h30, a PM foi até a rua Goitacazes, durante a ação Força Comunitária contra o Crime, para cumprir um mandato de busca e apreensão.
Adentrando a residência, uma vistoria minuciosa foi realizada, sendo por fim encontradas 780 gramas de cocaína, três vidros de éter, dezenove cápsulas vazias para cocaína, dois cartuchos intactos de fuzil no calibre 762 e outros desessete de calibre 38.
A moradora disse que guardava o material a pedido de uma outra pessoa, onde receberia um dinheiro posteriormente.
Recebida voz de prisão, a mesma foi encaminhada ao 1º DP da Vila Geny, onde o delegado ratificou a prisão autuando-a tráfico de drogas e porte ilegal de munição de calibre permitido e restrito, sendo encaminhada à cadeia pública de Aparecida-SP.

Encontro de carros antigos neste domingo

No próximo domingo, 24/07, acontece o 3º Encontro de Carros Antigos em Lorena-SP.
Com início previsto para às 9h,  haverá carros com mais de trinta anos de uso, expostos pelo gramado em frente ao 5º BIL (Batalhão de Infantaria Leve), com término ás 15h.
Se for repetida a dose do ano anterior, o público vai poder conferir desde Jeep's, VW Fuscas e raridades muito bem conservadas, além de alguns carros personalizados, com muitos detalhes bem bacanas, valendo a pena.
Com entrada gratuita, o encontro acontece pela Avenida Marechal Argolo, próximo ao número 5, bairro de Santa Edwiges.
Veja como foi o encontro do ano passado cliquando aqui.

Divulgação- 3º Encontro de Carros Antigos 2011

Estudos e Relatório sobre Termoelétrica de Canas estão à disposição da população

O EIA (Estudo de Impacto Ambiental) e o RIMA (Relatório de Impacto ao Meio Ambiente) confeccionados sobre a termoelétrica prevista para ser construída na cidade de Canas-SP, estão novamente à disposição gratuita para a população que queira saber um pouco mais sobre o projeto.
Obrigada por uma resolução do CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente) a sua elaboração, como próprio nome diz, busca através de estudos por especialistas, fazer uma prévia dos impactos da polêmica usina a base de gás natural e vapor de água.
Pelas três cidades, Canas, Cachoeira Paulista e Lorena, sendo esta última, o local com maior quantidade locais com as cópias disponíveis.
Ainda, cumpre o princípio da Publicidade, ou seja,  a participação pública na aprovação de um processo de licenciamento ambiental e também o papel das audiências públicas com a comunidade que será afetada.
Os documentos estão á disposição até o dia 18 de agosto, uma determinação do Secretário-Executivo do CONSEMA( Conselho Estadual de Meio Ambiente) , Germano Seara Filho.
Mesmo dia de uma nova audência marcada na cidade, que será tema de uma outra publicação
Veja abaixo os locais e horários para apreciação da documentação apresentada pela AES Tietê:



  • Município de Lorena:
  • Prefeitura Municipal de Lorena, Gabinete do Prefeito, Rua Comendador Custódio Vieira, 332, Centro, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00;
  • Câmara Municipal de Lorena, Praça Baronesa de Santa Eulália, nº.2, Centro, de segunda a sexta-feira, das 12h00 as 18h00;
  • Biblioteca Municipal de Lorena “Sérvulo Gonçalves, Praça Conde Moreira Lima, s/nº, Centro, de segunda a sexta-feira das 08h00 às 17h00;
  • Município de Canas:
  • Biblioteca Municipal “Professor Fausto Ferreira dos Reis, Avenida 22 de Março, 198, Centro, de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00;

  • Município de Cachoeira Paulista:
  • Biblioteca Municipal “Professora Regina Pompéia Pinto”, Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, s/nº, Centro, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00;

  • Município de São José dos Campos:
  • Biblioteca Pública “Cassiano Ricardo” Rua XV de novembro, 99, Centro, São José dos Campos/SP, de segunda a sexta feira, das 08h15 às 17h00 e aos sábados, das 08h15 às 13h00.

20 de jul de 2011

Estação Espacial Internacional passa sobre a cidade

A Estação Espacial Internacional, conhecida internacionalmente como ISS, passou pelos céus de Lorena-SP no início da noite deste sábado, 16/07.
Podendo ser vista a olho nú, ou seja, sem ajuda de equipamentos, durante três minutos visível por volta das 18h23 até às 18h26, onde logo depois entrou para a sombra da Terra.
Segundo o estudioso, Alexandre Wullff, pelos cálculos passou a entre os pontos Norte e Leste pela Serra da Mantiqueira, sendo um grande momento e ainda ensina as pessoas através de uma rede social de relacionamento "Abram o site http://www.heavens-above.com/ e digite as coordenadas geográficas de Lorena, Altitude e Horário GMT(GMT-3)."
As coordenadas se encontram na figura 2 nesta postagem, logo abaixo.
O ônibus espacial Atlantis da Nasa, órgão do governo dos EUA, estava acoplada junto a ISS, onde está previsto a sua chegada em órbita nesta quinta-feira, 21/07.
Sendo construída desde 1998, vários países tem contribuído financeiramente com o projeto, posteriormente utilizando-a para pesquisas in loco.
Em 2006, o primeiro astronauta brasileiro, e também de língua portuguesa, Marcos Pontes, permaneceu nela durante uma semana, onde anos mais tarde na gestão do presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), o Brasil abandonou o projeto do cooperação de construção, na qual se resumia a fornecer um palete especial.
Reprodução- trajeto da ISS no sábado 16/07
Printscreen- dados cartográficos da cidade


reprodução: Youtube.com- video filmado em Rancharia-SP


Youtube.com- primeiro brasileiro, Marcos Pontes, na ISS

19 de jul de 2011

Vai faltar energia pelo Pinhal Novo nesta quarta

A concessionária EDP Bandeirante avisa aos moradores do bairro Pinhal Novo, zona rural de Lorena-SP que vai ser preciso interromper o fornecimento de energia elétrica por algumas horas nesta quarta-feira, 19/07, devido a trabalhos de manutenção na rede, das 9h30 até às 14h30 pelo  Acesso Luzia Luiz Jerônimo (do nº 67.587 ao nº 67.751), acs. part. Pinhal Novo nº 320.
Os serviços de melhorias poderão estar concluídos antes do horário indicado. 
Embora o fornecimento esteja interrompido, como medida de segurança, os clientes deverão considerar energizados todos os seus equipamentos durante o período mencionado.

Trio preso por tráfico

Policiais Militares da 1ª Cia do 23º BPM-I de Lorena-SP prenderam três homens suspeitos de traficar drogas pelo bairro da Cabelinha.
Segundo a PM, após denúncias, faziam patrulhamento pela rua Franciso Guatura, no sábado, 16/06 por volta das 16h35, onde acabaram por abordar três indivíduos nos fundos de um estabelecimento.
Com a busca pessoal, foram localizados 18 gramas de maconha, 49 de cocaína e outras 56 de crack, além de certa quantia em dinheiro.
Diante dos fatos, recebida voz de prisão em flagrante, o trio foi encaminhado à delegacia de polícia Civil onde foram autuados pelo artigo 33, tráfico de entorpecentes, sendo recolhidos à cadeia pública.

18 de jul de 2011

Falando em trânsito, puxão de orelha no pedestre

Aproveitando o gancho, vamos falar aqui sobre pedestres em Lorena-SP.
Mas que tão "zoneado" é andar pela cidade, a começar pelas precárias calçadas. Mas enfim, falar na parcela de responsabilidade que cada um tem no dia a dia.
Venho notando a alguns dias no seguinte problema: o trânsito engarrafando pela região central, um guarda de trânsito conhecido como "amarelinho" chega e começa a dar ordens para os motoristas seguirem, pararem, enfim com apito e gestos para dar uma desafogada.
Entretanto, o problema surge pelo fato do pedestre não obedecer as ordens dos "amarelinhos", ou seja, este manda o fluxo seguir, o pedestre não está nem ai, vai atravessando de qualquer jeito na frente do carro que está sendo advertido para seguir adiante.
No fim da situação, o guarda de trânsito, infelizmente, acaba se desgastando no serviço, já que do que adianta ficar se esforçando embaixo do sol seco de inverno se o pedestre acaba anulando a sua presença, chegando até a desmoralizá-lo?
Então vai a dica, ou melhor, aquilo que segue no Código Brasileiro de Trânsito: onde tiver um agente, a sua ordem prevalecerá sob os demais sinais e placas.
Se o agente indicou para o veículo seguir, aguarde alguns minutos que logo ele vai inverter, interrompendo também aquele sentido.
E a faixa de pedestres? vamos utilizá-las mais e aos motoristas vamos respeitá-la. com toda cautela, o trânsito é feito por todos nós.

Transporte municipal

O tema transporte municipal voltou a ser o foco nos meios jornalísticos e nas rodas de conversas pelas ruas devido ao aumento exorbitante, da noite para o dia, da passagem do ônibus municipal, que faz as linhas dentro da cidade de Lorena-SP.
O que custava R$2,00 passou a ser R$2,80. Uma reclamação aqui e uma chorada ali, caiu para R$2,50.
Mas a pergunta fica: será que existe uma fórmula mágica para a resolução real e completa do problema de transporte público na cidade?
Bem, não é preciso especialista para poder encontrar algumas vertentes que possam apontar para uma solução a curto, médio e longo prazo.
Todos nós sabemos que a nossa cidade o uso do transporte por bicicletas é amplamente difundido, mas com estrutura precária. Apontamos somente duas ciclofaixas e uma ciclovia na cidade: menos de 5km de extensão para a capital nacional da bicicleta; a primeira e mais antiga, porém a mais problemática também ao nosso ver, é a ciclofaixa da avenida Marechal Argolo, sendo impossível de se transitar em determinado período devido a carros particulares estacionarem sob a mesma, levando o ciclista a competir por espaço na chamada faixa de rolamento. Na construção da gestão anterior, havia guias protegendo e delimitando o espaço, porém sem motivo aparente da atual gestão, o chão foi pintado, havendo um maior desrespeito por parte dos motoristas. Basta ir para o local e ver com os próprios olhos.
A outra ciclofaixa, é no trecho após a Yakult até o início do bairro Novo Horizonte, sempre muito suja com areia, podendo causar risco de acidentes. A última e mais nova é ciclovia, da rua Dr Arnolfo Azevedo, projetada e construída para ser mão única mas que acaba virando mão dupla e estacionamento, na prática.
Não há na cidade um local seguro, como um bicicletário para o ciclista deixar o seu meio de transporte em segurança. Se quiser ou deixa na rua trancada em postes, ferros, em qualquer lugar visível ao seus olhos, até atrapalhando o trânsito de pedestres nas calçadas, ou deixa no estacionamentos pagos, havendo até riscos de danos, onde um morador deixou sua "bike" e quando retornou estava quebrada um manete de freio. Como iria provar tal fato?.
Os táxis tem preços exorbitantes para corridas tabeladas. Pequenos trajetos, poucos minutos, paga-se em média R$20 , por exemplo, já visto, pelo trajeto centro- bairro Ponte Nova. Com uma frota mista, veículos diversos anos e modelos, não há taximetros instalados. Acaba sendo um "luxo" para certa fatia da população.
No trânsito caótico, cidade com hora do rush, o veículo particular continua sendo o "dominador" o preferido enquanto o transporte público, tido como a solução até para questões ambientais como para congestionamentos, vai ficando do jeito que está.
Sem corredores exclusivos na cidade, acabam competindo espaço. Movidos a óleo díesel, vão em sentido contrário para outros combustíveis e sistemas menos agressivos como aqueles movidos a eletricidade, álcool, biodisel, gás natural veicular, e até energia solar  radicalmente falando já em uso em outros países.
Com tarjetas, ou seja o emplacamento, de uma cidade mineira, os impostos como IPVA, por exemplo, ficam naquela cidade e não naquela onde se arrecada.
Sem cobrador, o motorista que faz a cobrança da passagem, feita através de dinheiro ou vale transporte, não havendo algum tipo de cobrança eletrônica, como acontece na vizinha Guaratinguetá-SP.
Os pontos, bem, quase não existem ou algum tipo de investimento é feito, se quiser, o passageiro de "primeira viagem" tem que advinhar onde é e aguardar de pé. Se for final de semana ou feriado, os horários ainda são confusos e restritos.
Mas nem vamos dizer sobre os estado precário das ruas e avenidas, colocar ônibus novos e de alta tecnologia, seria um "pecado" demais.

15 de jul de 2011

Polícia Militar flagra motociclista sem habilitação

Policiais Militares da ROCAM (Ronda Ostensivas com Apoio de Motocicletas) da 1ª Cia do 23º BPM-I de Lorena-SP flagraram um indíviduo dirigindo uma motocicleta sem ser habilitado na noite de ontem, quinta-feira, 14/04.
De acordo com informações, pela rua Dr Arnolfo de Azevedo, rua Principal, região central, próximo à passagem da linha férrea, por volta das 21h34, o condutor Paulo Carmélio Costa Ramos, 45 anos, foi abordado. pela PM, em uma operação de rotina.
Ao ser indagado sobre a habilitação, foi checado que o mesmo não possuia, sendo a motocicleta recolhida pelo guincho ao pátio do permissionário e um processo administrativo foi aberto.

Sociedade Civil unida para melhorias na cidade

Um grupo de moradores de Lorena-SP está se unindo para tentar resolver alguns problemas e trazer melhorias para a cidade.
Denominado  Frente de Trabalho: lorenenses contra a Dengue, se reúnem geralmente pela internet, através do Facebook, uma rede social.
Participam moradores dos diversos bairros, de diversas profissões, diversos anseios mas com o mesmo objetivo: melhorar a cidade.
Na ocasião, faz o convite para quem quiser ser um voluntário na ação “Limpa Lorena”, acontecendo no próximo domingo, dia 17/07 a partir das 7h da manhã,  no trecho entre o Colégio Adventista e a Paróquia do Cristo Rei, entre os bairros da Vila Geny e Vila Nunes, ajudando a salvar vidas combatendo os focos de Dengue, onde ocorrera uma epidemia neste ano.
Em outra momento, conseguiram limpar área pertecente à MRS Logística, pela linha férrea na qual encontrava-se com muito lixo e entulho.
Para visualizar as fotos desta ação, clique aqui - (é necessário ter uma conta no Facebook)

14 de jul de 2011

Dupla presa por tráfico

Dois homens foram presos suspeitos por tráfico de drogas pelo bairro da Vila Passos em Lorena-SP.
De acordo com informações da Polícia Militar, em patrulhamento pela rua Jerônimo Lorena, por volta das 2h30 da manhã, se depararam com um veículo com duas pessoas em seu interior em atitude suspeita.
Abordados, ambos foram submetidos a revista pessoal assim como uma busca no carro, sendo localizados nove pinos de cocaína, quatro pedras de crack e certa quantidade de maconha.
Recebida voz de prisão, a dupla foi encaminhada ao plantão da Polícia Civil pelo 1º DP, bairro da Vila Geny onde o delegado plantonista ratificou a ocorrência, recolhendo-os à cadeia Pública.

Conheça o Paralelepipedos

A peça teatral Paralelepipedos, do grupo Vivenciando a Arte, faz levar ao público a ideia de que a decisão e a vida de uma pessoa pode se refletir na de outras pessoas facilmente.
Em torno de várias situações do cotidiano, nove atores vivem cenas de drama, amor e ódio no espetáculo de pouco mais de uma hora de duração.
Produzida em 2011, em sua segunda apresentação ocorrida pelo Teatro São Joaquim em Lorena, concorre para ingressar no Mapa Cultural Paulista, parceria entre as Secretarias de Estado e Municipal de Cultura, para o fomento da arte.
Paralelepipedos, tem início com uma morte em acidente de trânsito, passando por uma "ficada" na balada, culminando em reflexão entre familiares.
"É uma peça com um tom mais adulto, onde há a necessidade de prestar um pouco mais a atenção e a fazer pensar" relata um expectador.
Em uma espécie de drama, diferentemente dos demais estilos como comédia por exemplo, quem assiste, tem que prestar atenção firmemente, além do pensamento estar ligado, para manter-se antenado na cena.
De um tapa no rosto em uma cena a um beijo em outra, as vidas das personagens são ao mesmo tempo independentes mas juntas e paralelas.
Assistida por uma plateia seleta de quarenta e oito pessoas em um sábado de temperatura baixa com várias festas populares paralelas, há de se destacar a presença de crianças e jovens de um projeto social de um bairro carente da cidade.
Para elas, seriam muito mais paralelas?

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - bastidores

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - bastidores

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- bastidores


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- bastidores última  repassada no texto


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- bastidores


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- bastidores- maquiagem e cabelo


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- bastidores


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- enquanto isso teatro pronto para receber público


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- público já se acomodando


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 


Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 
Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena
Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 


Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena


Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - cena

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Hugo Barbeta- Paralelepípedos- 

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - pós peça

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - pós peça

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - pós peça

Fotos: Luciano Moreira - Paralelepípedos - pós peça
/body