18 de jun de 2011

Temporada de incêndios é motivo de alerta

Com a temporada de incêndios iniciada, devido ao tempo seco sem chuvas, é um motivo de alerta para a população e principalmente para as autoridades que são responsáveis pelo trabalhos de combatê-los.
Um incêndio em mata foi registrado no final da tarde de quinta-feira, 16/06 às margens da rodovia BR 116 Presidente Dutra, que faz ligação entre São Paulo ao Rio de Janeiro, cortando um trecho a cidade de Lorena-SP pelo trecho do KM 55, sentido SP.
Com muitas ligações realizadas para o serviço da rádio Band Vale, 102,9 FM, os motoristas que trafegam pelo local, alertavam os ouvintes sobre o problema. 
O LORENA EM FOCO foi até o local e comprovou o fato. Em uma área sem construções próximas, de vegetação rasteira e seca, o fogo se alastrava facilmente com a força dos ventos. Sem maiores riscos, a fumaça era levada para outro lado, não atingindo a rodovia e correndo risco de acidentes automotivos.
As causas aparentemente não podem ser apontadas. Segundo especialistas ambientais, as queimadas são iniciadas com desde uma simples bituca de cigarro jogada por motoristas até a soltura de balões, um delito comum praticado por alguns na época. Também, pela prática de fazendeiros que usam o método criminoso para a limpeza de pastagens.
Em Lorena, apesar dos esforços na área de emergência e correlatos, trabalham cerca de oito bombeiros civis municipais, em regime de revezamento, onde na prática, dois por dia, mas sem maiores equipamentos e estruturas necessárias para realizar um serviço plenamente eficaz e independente, já que muitas vezes acontece do Corpo de Bombeiros Militares da Policia Militar de Guaratinguetá-SP, cidade vizinha, necessita ser acionada, e com a distância de mais de dezoito quilômetros, em questão de salvamento e situações de emergência, quanto mais tempo decorrido, maiores as complicações e menores as chances de um salvamento, por exemplo, em caso de vítimas presas nas ferragens.
Nessa semana, membros da Defesa Civil assim como alguns da SEMEAR (Secretaria de Municipal de Meio Ambiente) fizeram um curso de combate a esse tipo de sinistro. 
De acordo com o presidente da Defesa Civil, Darci de Lima, é sempre bom ter funcionários preparados e capacitados para as emergências, para dar respostas rápidas às ocorrências. “A Defesa Civil é necessária nas emergências, indispensável durante as calamidades e útil todos os dias”,disse.
Entretanto há de se adicionar, que sem os equipamentos e materiais necessários, não há sucesso na ação.
No primeiro mandato do prefeito lorenense, Paulo Neme (PTB) houve o concurso, se arrastando por alguns meses, até a anunciação completa da cidade pelo menos, possuir alguns profissionais formados.
O problema, ou melhor, a situação, vem de um longo período de várias gestões e até a presente data não sinalizada para a sua resolução.
De acordo com a última aquisição e o seu respectivo aparelhamento, de um caminhão autobomba, ou seja, que possui um reservatório de água sumariamente dizendo, em maio de 2010 para a corporação guaratinguetaense, girou no total em torno de R$ 422 mil reais, entre a compra do chassis por R$150 mil pelo Estado, mais a contrapartida municipal de R$272 em sua adaptação e equipamentos de última geração no assunto.
Resta a população torcer para que não haja ocorrências desse tipo. Na frota municipal, somente um caminhão pipa antigo e sucateado, com grandes vazamentos, que vez em outra, faz a limpeza de feiras livres
.Em se falando novamente sobre queimadas e grandes incêndios, como o citado, em todo o país em 2010, segundo o Ministério do Meio Ambiente, foram registrados mais de 13 mil registros, além de outros 260 mil registros diversos, feitos por satélites.

Incêndio de origem desconhecida às margens da rodovia BR 116 Presidente Dutra  registrado na noite de quinta-feira 16/06 pode ser um pivô para a falta de equipamentos e veículos para bombeiros civis municipais de Lorena-SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog de Notícias com finalidade de divulgar a cidade de Lorena-SP.
Agradecemos sua visita e se assim desejar, deixe seu comentário.